Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 17 DE NOVEMBRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  17/11/2017   MP do risco hidrológico atrasa por receio dos efeitos da prorrogação de concessões - A medida provisória elaborada pelo governo para reso...     17/11/2017   Prefeitura reduz passagens dos frescões e das integrações de ônibus com vans e metrô - Justiça nega recurso da Rio Ônibus e mantém tarifa...     17/11/2017   Metrô tem redução de 3 milhões de viagens no terceiro trimestre de 2017 - Queda é de 4,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.     17/11/2017   ACIONISTAS DA INVEPAR ANALISAM PROPOSTA VINCULANTE DO FUNDO MUBADALA - Proposta comprova atratividade da companhia para o mercado.     17/11/2017   Instituto CCR e CCR SPVias apresentam Teatro a Bordo em Itapetininga - Teatro a Bordo estaciona em Itapetininga nos dias 17 e 18 de novem...     17/11/2017   Obra de manutenção em vicinal exige sistema “Pare e Siga” em Presidente Venceslau - Serviços serão executados a partir desta segunda-feir...     17/11/2017   Continuam as obras e os serviços da CCR MSVia na BR-163/MS - Desvios e/ou operações pare-e-siga estão acontecendo na BR-163/MS em função ...     17/11/2017   MRS Logística abre inscrições para o Programa de Estágio (2018/2019) - Estão abertas as vagas para o Programa de Estágio da MRS Logística...     17/11/2017   Circuito Ecosul de Atletismo tem provas sábado(18) em Rio Grande - A segunda etapa do Circuito Ecosul de Atletismo acontece sábado(18), a...     17/11/2017   Rodoviária de Jundiaí recebe exposição de maquete do Complexo Viário de Jundiaí - Está em exposição no saguão do Terminal Rodoviário de J...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

13/03/2017

Campanha busca reduzir acidentes de trânsito relacionados com distúrbios de sono

Eventos e Cursos

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

“Não dê carona para o sono” será lançada dia 17 de março para conscientizar população sobre os riscos dos distúrbios nessa área

 

Estatísticas da Associação Brasileira do Sono (Absono) apontam o sono e o cansaço como responsáveis por 20% dos acidentes de trânsito no Brasil. Para enfrentar esse problema de saúde pública, a Academia Brasileira de Neurologia (ABN) realiza uma campanha nacional. O slogan é “Não dê carona para o sono”. Em 17 de março, Dia Mundial do Sono, ocorrerá o lançamento.

 

Para o responsável pelo laboratório do sono do Hospital Moinhos de Vento, Geraldo Rizzo, o caminho a seguir é conscientizar a população sobre os riscos de um distúrbio nessa área. “O sono é involuntário. As pessoas não se dão conta que dirigir sonolentas pode causar acidentes. Elas sequer percebem os sintomas”, explica o neurologista.

 

“Existem exames para diagnosticar a doença, mas é importante que todos possam identificar os sintomas em seus companheiros, seus colegas ou familiares, para que possamos evitar acidentes e ajudar quem precisa”, afirma Rizzo. O neurologista e especialista em medicina do sono Fernando Stelzer, também do Hospital Moinhos de Vento, indica que ter um sono saudável é tão importante quanto comer bem, não fumar e fazer atividades físicas.

 

“Não dormir antes de dirigir ou dirigir percebendo o sono, com sensação de pálpebras pesadas, bocejos, dificuldade de concentração, aumenta muito o risco de um acidente, equivalendo ao efeito do álcool”, completa Stelzer. De acordo com a Absono, 30% das mortes em rodovias nacionais são ocasionadas por motoristas que dormem ao volante; 53,9% dos brasileiros queixam-se de insônia e, desses, 43% continuam cansados durante o dia.

 

Normalmente, o sono costuma aparecer em intervalos de 12 horas. Para saber se tem distúrbios do sono, é necessário notar os sinais do organismo, como bocejos frequentes, dificuldades para ficar de olhos abertos e não conseguir focar objetos à distância. Ao dirigir, situações como freadas bruscas, perder saídas, não enxergar sinais de trânsito, escorregar o carro para o acostamento e sair da pista são indícios claros de que é hora de estacionar em local seguro e iluminado para recuperar as energias.

 

Distúrbios do sono

 

Conforme Stelzer, as principais doenças do sono são insônia, síndrome de apneia obstrutiva do sono, síndrome das pernas inquietas e parassonias (como pesadelos, terror noturno, sonambulismo).

 

A síndrome da apneia obstrutiva do sono é caracterizada por roncos, com paradas respiratórias ao longo do sono, levando a um sono fragmentado, com consequente sonolência excessiva durante o dia, dor de cabeça ao acordar, fadiga e falta de energia, dificuldade de memória e de concentração. Além disso, a síndrome está associada a importantes doenças, como hipertensão arterial, infarto do miocárdio, acidente vascular encefálico, entre outros.

 

Todos nós temos eventualmente momento de insônia. No entanto, a insônia crônica caracteriza-se por dificuldade de iniciar o sono, despertares frequentes ao longo da noite ou despertar em horário antes do que a pessoa gostaria, com duração de mais de três meses, com mais de três dias por semana, apesar da possibilidade de poder dormir.

 

A síndrome das pernas inquietas é uma das doenças mais frequentes, das quais menos se fala. Calcula-se que, no Brasil, 6,5% das pessoas são portadores dessa condição. Ela se manifesta por um mal-estar, uma sensação irresistível de mover as pernas, que ocorre predominantemente a noite, quando a pessoa está descansando e melhora com o movimento. Como ocorre mais à noite, pode prejudicar o sono.

 

Por criterioic.com.br

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Instituto CCR e CCR SPVias apresentam Teatro a Bordo em Itapetininga

Circuito Ecosul de Atletismo tem provas sábado(18) em Rio Grande

Rodoviária de Jundiaí recebe exposição de maquete do Complexo Viário de Jundiaí

Alunos de Jacareí (SP) recebem a peça "A Culpa é de quem?", por meio do Instituto CCR

CART realiza testes de saúde e orienta motoristas sobre direção segura em Prudente

MP do risco hidrológico atrasa por receio dos efeitos da prorrogação de concessões

Prefeitura reduz passagens dos frescões e das integrações de ônibus com vans e metrô

Metrô tem redução de 3 milhões de viagens no terceiro trimestre de 2017

ACIONISTAS DA INVEPAR ANALISAM PROPOSTA VINCULANTE DO FUNDO MUBADALA

Obra de manutenção em vicinal exige sistema “Pare e Siga” em Presidente Venceslau

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística