Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 21 DE JUNHO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  21/06/2018   LATAM é reconhecida como a companhia aérea da América do Sul - Com a melhor experiência global de passageiros . Prêmios APEX Passenger Ch...     21/06/2018   Aeronaves conectadas economizarão US$ 15 bilhões por ano - E 21,3 milhões de toneladas de emissões de CO2 até 2035. A mudança em direção ...     21/06/2018   Helibras celebra formação de 15 mil alunos em seu Centro de Treinamento - Alguns dos treinamentos podem ser executados na própria sede do...     21/06/2018   A Ética e o Roubo de Cargas - O roubo e furto de caminhões sempre motivou o crime organizado. Para se ter uma ideia, um veículo de porte ...     21/06/2018   A Questão do Saneamento Básico no Brasil - O saneamento básico no Brasil é uma das questões mais preocupantes em relação à população, esp...     21/06/2018   O que mudou depois de um mês da greve dos caminhoneiros - Somente parte do que foi prometido para categoria encerrar paralisação no país ...     21/06/2018   EPE tenta achar "acordo" para risco hidrológico - Entidades do setor elétrico ainda tentam incluir uma solução para o déficit de geração ...     21/06/2018   Elétricas perdem R$ 65 bi em valor desde 2013 - O setor elétrico brasileiro destruiu pelo menos R$ 65 bilhões em valor nos últimos cinco ...     21/06/2018   Ações da União na Eletropaulo são incluídas no plano de desestatização - BRASÍLIA - O governo federal incluiu as ações ordinárias de emis...     21/06/2018   Superfaturamento no Rodoanel pode somar R$ 600 milhões, diz MPF - SÃO PAULO - (Atualizada às 10h30) O Ministério Público Federal em São P...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

10/02/2018

Justiça do RS exclui multa de mora em regimes aduaneiros

Legislação

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Durante o regime de entreposto aduaneiro, uma empresa não deve pagar multa de mora nos casos em que os tributos estão suspensos. A decisão é da 1ª Vara Federal do Rio Grande do Sul ao julgar pedido de exclusão da multa de mora feito por um estaleiro em recuperação judicial.

Em mandado de segurança, o estaleiro, que se dedica às atividades de construção de embarcações de grande porte, pediu a não incidência de multa de mora sobre o pagamento dos tributos suspensos nas destinações realizadas durante a vigência do regime de entreposto aduaneiro aplicável ao setor de óleo e gás.

Segundo a defesa do estaleiro, já que a empresa atua como estaleiro naval, na condição de contratado por empresa sediada no exterior, ela está habilitada ao regime especial de entreposto aduaneiro, na importação e na exportação.

O regime está previsto no artigo 62 da Lei 10.833/2003 e permite que haja a suspensão temporária do pagamento dos tributos incidentes na importação de mercadorias nele admitidas. Quando termina o prazo de vigência do regime de entreposto aduaneiro os tributos que até então estavam suspensos voltam a ser exigíveis.

A Receita Federal do Brasil entende como acréscimos legais os juros de mora e a multa de mora, ou seja, a taxa selic acumulada e mora de 0,33% ao dia até o limite de 20%.

No entanto, segundo a defesa do estaleiro feita pela advogada Flávia Holanda, a imputação de multa de mora é ilegal e inconstitucional, já que a legislação permite que os bens e mercadorias permaneçam no regime aduaneiro pelo prazo indicado como de vigência.

“A multa de mora é uma penalidade, e tem caráter sancionatório. Em se tratando de obrigação tributária suspensa, e, portanto, não vencida, não há de se falar em incidência de multa de mora”, afirmou.

Ao analisar o pedido em liminar, o juiz federal Adérito Martins Nogueira Júnior concordou que o estaleiro não deve pagar multa de mora. Ele explicou que a multa é uma penalidade estabelecida em desfavor daqueles que deixam de cumprir o prazo para pagamento de determinado tributo, e tem como objetivo desestimular o atraso no adimplemento das obrigações pelos contribuintes, o que não é o caso.

“No caso em tela, no que diz respeito aos pagamentos de tributos realizados por conta de destinações de mercadorias realizadas durante o prazo de vigência do regime especial de entreposto aduaneiro, não se está diante de um atraso, de um descumprimento do prazo de vencimento por parte do contribuinte”, afirmou.

“Isso se justifica na medida em que, de acordo com o regramento do regime especial acima mencionado, o beneficiário, durante o prazo de vigência, não está em mora com o Fisco, isto é, não pode ser considerado inadimplente, vez que, por lei, os tributos estão suspensos durante aquele interregno”, concluiu.

Por isso, segundo o juiz, não é possível considerar em mora o beneficiário do regime de entreposto aduaneiro e assim não é possível exigir dele o pagamento de multa moratória quando, no curso do prazo de vigência do regime, ocorre hipótese de destinação de mercadoria que impõe o recolhimento de tributos.

Fonte: Jota

 

Por Jota

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Aprovado marco regulatório dos caminhoneiros

Porto Alegre regulamenta transporte por aplicativos

Aprovado marco regulatório para o transporte de cargas

Câmara aprova marco regulatório do transporte de cargas e texto segue para Senado

Artesp reforça orientação sobre medidas de segurança nos pedágios com a promulgação da Lei que determina a retirada das cancelas das pistas de cobrança eletrônica

LATAM é reconhecida como a companhia aérea da América do Sul

Aeronaves conectadas economizarão US$ 15 bilhões por ano

Helibras celebra formação de 15 mil alunos em seu Centro de Treinamento

A Ética e o Roubo de Cargas

A Questão do Saneamento Básico no Brasil

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística