Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 24 DE OUTUBRO DE 2014

Email
HOME
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  24/10/2014   A indústria testa o fundo do poço - Com desempenho negativo desde novembro do ano passado, a indústria teve leve recuperação em setembro,...     24/10/2014   Dinheiro há, falta gestão - A lamentável situação dos presídios brasileiros vem à tona em todas as eleições presidenciais. E não é por fa...     24/10/2014   DHL Supply Chain vence o Prêmio ILOS 2014 em primeiro lugar geral - Há nove anos consecutivos, a empresa vem sendo reconhecida como o mel...     24/10/2014   Farsul pede que TCU interfira no caso do reajuste da CEEE-D - O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, encaminhou nessa quinta-feira docu...     24/10/2014   Travessia Porto Alegre-Guaíba - Dia 28 de outubro, a travessia Porto Alegre-Guaíba completa três anos e consolida a viabilidade do transp...     24/10/2014   Nova etapa das obras de modernização de viaduto em Barra Mansa (RJ), realizada pela CCR NovaDutra, exige interdição parcial da rodovia - ...     24/10/2014   LOG-IN REGISTRA RECORDE DE VOLUME NA NAVEGAÇÃO COSTEIRA NA PRÉVIA DOS RESULTADOS DO 3º TRIMESTRE DE 2014 - A Navegação Costeira obteve re...     24/10/2014   Perda de leitos hospitalares - Mais um estudo - desta vez do Conselho Federal de Medicina (CFM) - coloca em evidência a grave crise por q...     23/10/2014   Expansão de ciclovias em metrópoles anima negócios - A expansão das ciclovias é uma realidade em grandes centros urbanos do País. Nos últ...     23/10/2014   Governo estadual decide adiar tarifaço da CEEE na conta de luz - ANEEL avalia hoje reajuste sugerido pela área técnica da agência regulad...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

08/05/2008

TNT Mercúrio é a mais nova marca do mercado brasileiro de transporte expresso

Destaques

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

7

31 votos

José Carlos Cabral – DA REDAÇÃO/CANAL DO TRANSPORTE - Nasce uma nova empresa de transporte expresso no Brasil: TNT Mercúrio.


Na verdade, trata-se da conclusão do processo de integração da TNT no país com a transportadora Mercúrio, adquirida pela multinacional holandesa em janeiro do ano passado (fotos, divulgação).

Integração - Além da nova identidade, a integração representa uma nova fase da TNT no Brasil. Isso porque a multinacional do transporte expresso pretende fortalecer a nova marca e sua posição de liderança no mercado de entregas expressas com investimentos e novas estratégias de operação.



TNT Mercúrio

A TNT Mercúrio é presidida por Roberto Rodrigues, 39 anos, sendo 12 de TNT, que já comandava a filial brasileira da multinacional desde 2004. Ao apresentar a nova marca, Rodrigues revelou que, nos próximos anos, serão injetados nada menos que 100 milhões de euros na nova empresa. Investimentos estes, segundo ele, destinados à expansão e renovação de frota, novos armazéns, ampliação dos atuais CDs e em novos processos operacionais.

Em frota, Rodrigues informou que a TNT Mercúrio pretende renovar 400 de seus atuais 1,5 mil caminhões, semi-reboques e furgões ainda este ano. Os investimentos na ampliação da infra-estrutura da empresa, hoje composta de 130 filiais e franquias espalhadas por todo o território nacional que são tocadas por aproximadamente 7 mil funcionários e atendem mais de 4 mil cidades, já começaram.

No terminal de Fortaleza (CE), por exemplo, a capacidade será dobrada para 5 mil metros quadrados já no próximo mês. O de Recife (PE) opera desde abril com 3 mil metros quadrados, mais do que o dobro de sua capacidade anterior. O presidente da TNT Mercúrio adiantou que, ainda este ano, o Rio de Janeiro ganhará um novo terminal de 10 mil metros quadrados.

Ainda em infra-estrutura, a TNT Mercúrio está investindo em um call center de última geração na capital paulista. “Inicialmente para atender nossos clientes de transporte internacional, mas que será estendido posteriormente”, informou Rodrigues. De lá, segundo a empresa, a idéia é de que, em um único contato, o cliente possa realizar todas suas solicitações.

Quanto a processo operacionais, a TNT Mercúrio quer introduzir nas entregas expressas a mesma tecnologia já utilizada no transporte internacional. Segundo Rodrigues, a maioria das empresas de transporte no Brasil operam com tecnologias básicas. “Poucas operam com sistema de códigos de barra, por exemplo”, ressalta.

Marca - A nova identidade visual já está sendo implantada em todos os veículos próprios da empresa, processo que deverá ser completado até o final de 2009. A decisão de manter o nome “Mercúrio” associado a marca “TNT”, conforme Rodrigues, foi estratégica. Isso por conta da forte presença da marca da tradicional transportadora brasileiro no mercado. “Em raríssimos casos a TNT juntou a marca de uma empresa adquirida”, destacou o executivo. No entanto, segundo ele, a tendência é de que o nome TNT prevaleça no futuro.



TNT Mercúrio identificará toda a frota da empresa

Aliás, TNT e Mercúrio têm uma coincidência em sua trajetória: ambas nasceram em 1946. A primeira na Austrália, adquirida posteriormente pelo Correio Holandês, e a Mercúrio no Rio Grande do Sul. “Um casamento perfeito”, resumiu Roberto Rodrigues.



Rodrigues: "casamento perfeito"

Internacionalização - No entanto, a meta mais ambiciosa da empresa é a criação de uma rede rodoviária de transporte conectando outros países da América do Sul. “Nós já acenamos com esta possibilidade para nossos clientes oferecendo a eles serviços rodoviários para Argentina, Chile e Uruguai”, revelou Roberto Rodrigues. Tanto que, segundo o executivo, sem revelar mais detalhes, outras oportunidades de negócios na região já estão sendo sondadas pela empresa.

Na América do Sul, a TNT já oferecia transporte do Brasil para Argentina, Chile e Uruguai. Mas não entre esses três últimos, segundo Rodrigues. “Nosso objetivo é fortalecer e interligar essa rede integrando estes países e até conectando outros como o Peru, por exemplo”, disse o executivo, acrescentando que a empresa já está fazendo o mapeamento desse projeto.

A multinacional também analisa algumas possibilidades para fortalecer a conectividade por via aérea entre Brasil e Europa, ligando a infra-estrutura rodoviária da América do Sul às rotas aéreas internacionais. Nesta caso, a idéia é fazer a ponte Brasil-Europa-Ásia-Oriente Médio. No entanto, Rodrigues informou que, no momento, o projeto depende de direitos de vôo. “Um acordo bilateral entre Brasil e Bélgica está sendo discutido, já que o hub da TNT fica em Liége”, ressaltou.

Em transporte internacional, a TNT tem verificado uma expressiva movimentação de cargas de exportação e importação na China. Para se ter uma idéia, segundo Rodrigues, a posição daquele país no ranking de movimentação da companhia saltou consideravelmente nos últimos anos: da 14ª para a 5ª posição.

Estratégia - De acordo com a multinacional do transporte expresso, a integração no Brasil atende sua estratégia mundial de expansão em países emergentes – como já feito na Rússia e na Índia. No caso da TNT Mercúrio, a meta é torná-la a número 1 na sua rede nas BRICs (Brasil, Rússia e Índia), inicialmente com foco em remessas pelo modal rodoviário, hoje responsável por cerca de 90% do faturamento da operação brasileira da multinacional, além de oferecer no país uma solução única de transporte expresso.

Outro objetivo da TNT Mercúrio é atingir uma fatia entre 20% a 30% do mercado nos próximos cinco anos. “E manter a posição de liderança de mercado com novas soluções e produtos, expsanão de cobertura e atuação direta”, acrescentou Rodrigues.

 

Por Canal do Transporte

 

Qual a sua avaliação?

11 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Novo preço spot deve encarecer conta de luz

Governo traça plano para criar novo ciclo na indústria de semicondutores

Chuvas previstas para o verão devem ser insuficientes para recuperar reservatórios

Entidade propõe desoneração do saneamento

No fundo da represa

A indústria testa o fundo do poço

Dinheiro há, falta gestão

DHL Supply Chain vence o Prêmio ILOS 2014 em primeiro lugar geral

Farsul pede que TCU interfira no caso do reajuste da CEEE-D

Trailblazer 2015 recebe melhorias pontuais

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

UFRGS

Federasul

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística