Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 1 DE FEVEREIRO DE 2015

Email
HOME
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  01/02/2015   CET monitora trânsito nas regiões da Vila Madalena e Sumaré para blocos - Companhia acompanha situação nas regiões das 8h às 23h59 para d...     01/02/2015   Cantareira volta a cair após sete dias com mesmo nível - Volume das represas do sistema se manteve em 5,1% durante sete dias. Neste domin...     01/02/2015   Qatar Airways compra participação na IAG - A Qatar Airways comprou uma fatia de 9,99% na International Consolidated Airlines Group (IAG),...     01/02/2015   Chevron vai suspender exploração de gás de xisto na Polônia - A gigante americana e energia Chevron disse que vai parar de explorar gás d...     01/02/2015   Começar do zero? Nem tanto - Há sempre um “intervalo”, um espaço de tempo necessário para adquirir novos conhecimentos e experiências, fo...     01/02/2015   A austeridade aleija - Até agora, só falou o devedor. A partir de agora, fala também o credor. Por mais repulsiva que seja a austeridade,...     01/02/2015   Para onde vai a taxa cambial? - Depois de um longo ciclo de valorização, com o real caindo abaixo de R$1,60/US$ em 2011, ocorreu contínua...     01/02/2015   Inovação na crise - A indústria brasileira enfrenta um momento difícil, agravado pela crise que atinge toda a economia. A produção indust...     01/02/2015   A borda da cachoeira - O mercado financeiro saudou a nova equipe econômica e pôs nela a expectativa de mudanças no sentido da recuperação...     01/02/2015   No INSS, um resultado muito pior que o previsto - O resultado negativo das contas da Previdência Social em 2014 guardou sintonia com o do...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

23/10/2008

Colhedora de cana-de-açúcar custa R$ 1,1 mi

Tecnologia

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

7,33

3 votos

A colhedora de cana-de-açúcar 3510 John Deere impressiona pela imponência e o conforto. E também pelo preço.

O produto está à venda e pode ser arrematado por quem estiver disposto a desembolsar nada menos que R$ 1,1 milhão. Este foi o equipamento mais caro em exposição na Feira Metalmecânica 2008, realizada na semana passada em Maringá.

Tão alto quanto o valor, era a expectativa de negócios da empresa representante da John Deere em Umuarama, presente no evento. A expectativa era movimentar entre R$ 18 mi a R$ 20 mi através de contatos feitos durante a feira para fechamento posterior.

O diferencial do equipamento é que substitui o trabalho de 80 a 100 homens e tem vida útil de dez anos, uma vez que o maquinário usualmente funciona 20 horas por dia sem intervalos. A capacidade de colheita é de cerca de 1,2 mil toneladas diárias.

De acordo com o gerente de vendas da representante Carlos Vendrame, a comercialização da máquina por uma empresa da região é vantajosa financeiramente, por baixar o custo de deslocamento para manutenção. ‘‘É bom para o setor, para os agricultores e também para as usinas das proximidades’’, ressalta.

Vendrame acrescenta que a colhedeira 3510 é ideal para plantações de ‘‘ruas’’ mais longas, que exigem uma margem menor de manobras. ‘‘O uso do equipamento reduz o custo por tonelada colhida. Com a expansão da cana, a mão-de-obra está ficando escassa e existe também uma pressão do Ministério Público e dos órgãos ambientais para redução das queimadas. É uma alternativa para quem quer obter selos ambientais e sociais para exportação do produto’’, ressalta. A John Deere 3510 está em linha desde 2006 e é fabricada em Catalão (GO).

A participação da indústria sucroalcooleira foi uma das novidades da 8ªedição da Feira Metalmecânica, realizada na semana passada no Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro, em Maringá. ‘‘Esta parceria com a Alcopar (Associação de Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná) é estratégica. A Feira agrega valor abrindo espaço para as indústrias de açúcar e álcool’’, declara o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Sindimetal) em Maringá Carlos Walter Martins Pedro.

 

Por Folha de Londrina

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Lombadas eletrônicas começam a funcionar em Francisco Beltrão

Nissan March ganha motor 1.0 de 3 cilindros a partir de R$ 35.990

Toyota vai aumentar a produção do Etios em 2016

Aparelho que gerou apagão registra defeito desde outubro, diz ministro

Versão final do Civic Type R estreia no Salão de Genebra

CET monitora trânsito nas regiões da Vila Madalena e Sumaré para blocos

Cantareira volta a cair após sete dias com mesmo nível

Qatar Airways compra participação na IAG

Chevron vai suspender exploração de gás de xisto na Polônia

Começar do zero? Nem tanto

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Federasul

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística