Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 21 DE AGOSTO DE 2014

Email
HOME
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  21/08/2014   De costas para o desenvolvimento - Quando acompanho o debate dos piratináveis em torno do eterno problema do endividamento do Estado, lem...     21/08/2014   Incentivos não devem favorecer só alguns setores - O Brasil está tendo uma lenta, gradual, mas, até agora, irreversível queda nas projeçõ...     21/08/2014   Navios pesqueiros chegam a Pelotas em setembro - Descarregamento de peixes no porto começa em janeiro de 2015.     21/08/2014   Câmara dá aval a lei sobre desconto a quem poupar água em Campinas - Projeto foi aprovado em primeira discussão na sessão desta quarta-fe...     21/08/2014   Concórdia inicia fase de testes de novo sistema no transporte público - Idosos que efetuarem cadastro terão direito de receber o cartão i...     21/08/2014   Marcio Bittar promete ligar municípios isolados à BR-364 - Candidato quer reduzir em 40% número de cargos comissionados. Tião Viana será ...     20/08/2014   Obras de pavimentação são concluídas no Canal 3, em Santos - Tráfego foi liberado em trecho da Avenida Washington Luis. Canais 2, 4 e 5 s...     20/08/2014   EPTC promete melhorar aluguel de bicicletas - A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) está preparando nova licitação para con...     20/08/2014   Radares duplos pegam os motoristas apressados - QUASE MIL VEÍCULOS trafegando acima da velocidade permitida foram flagrados pela Polícia ...     20/08/2014   Frente Parlamentar defende agilidade na renovação das concessões do setor elétrico - Em 2015, dezenas de empresas do segmento de distribu...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

02/03/2007

Vittorio Medioli (PV/MG) dono do grupo Sada responde a novo inquérito no Supremo

Política

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

7,57

12 votos

O ex-deputado federal Vittorio Medioli (PV/MG), proprietário do grupo Sada (um dos maiores conglomerados de empresas que atua no setor de transporte de veículos no país) foi indiciado novamente em inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido do Ministério Público Federal e da Polícia Federal de Minas Gerais, onde está localizada a sede da maior empresa do grupo.

O inquérito, que corre sob segredo de Justiça tem como relator o ministro Celso de Mello. Medioli é acusado de cometer crime contra o sistema financeiro.

Mas há bons motivos para se concluir que o ministro Celso de Mello pretende avaliar também possível envolvimento de

Vittorio Medioli (MG)
Inquérito 1929 - Crime contra a ordem econômica, domínio de mercado, cartel (transporte de veículos "cegonheiros")
Inquérito 1376 - Crime contra a ordem tributária, sonegação fiscal
Medioli no gigantesco cartel que controla a totalidade do setor de transporte de veículos novos no país. No dia 15 de maio deste ano, um ofício do STF chegou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), solicitando informações do processo que apura a formação de cartel nesse setor.

A Secretaria de Direito Econômico (SDE) investigou o setor e pediu ao Cade a condenação da Associação Nacional das Empresas Transportadoras de Veículos (ANTV) e o Sindicato dos Cegonheiros de São Paulo (Sindicam), por formação de cartel. Medioli presidiu a ANTV entre 2002 e 2004. O processo está agora no Ministério Público Federal, em Brasília, aguardando parecer para depois ir a julgamento no plenário do órgão. A procuradoria do Cade já deu parecer favorável à condenação das duas entidades.

No relatório final do inquérito conduzido pela Polícia Federal do Rio Grande do Sul, que também correu em sigilo, Medioli, apesar dos indícios do seu envolvimento na formação de cartel, não foi indiciado junto com outras seis pessoas. De acordo com a PF, o deputado só não teve seu nome incluído, em função do lapso temporal a ser despendido na solicitação de licença ao STF para a formalização do indiciamento, tendo em vista a sua prerrogativa constitucional. Além disso, a autoridade policial federal optou pela celeridade na conclusão dos trabalhos de investigação.

No passado, o deputado já foi indiciado, mas o STF arquivou o procedimento por não ter colhido, na peça, prova capaz de dar prosseguimento ao inquérito.

 

Por Anticartel.com/ (gilson.n@anticartel.com)

 

Qual a sua avaliação?

4 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Marcio Bittar promete ligar municípios isolados à BR-364

Frente Parlamentar defende agilidade na renovação das concessões do setor elétrico

Hartung diz que pedágio da Terceira Ponte é "página virada", no ES

Ministério assina contratos para obras de saneamento em 3 cidades do RN

Candidatos à Presidência falam sobre infraestrutura no Brasil

De costas para o desenvolvimento

Incentivos não devem favorecer só alguns setores

Navios pesqueiros chegam a Pelotas em setembro

Câmara dá aval a lei sobre desconto a quem poupar água em Campinas

Concórdia inicia fase de testes de novo sistema no transporte público

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

UFRGS

Federasul

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística